segunda-feira, 15 de junho de 2009

IV - A parte do Leão


Pares cum paribus facillime congregantur
Cada qual com seu igual...

Vamos a fábula de hoje? Antes nossa saudação cordial!

IV - A Parte do Leão

O Leão foi uma vez caçar junto com a Raposa, o Chacal e o Lobo. Eles perseguiram até caçar e abater finalmente, um Cervo. Então veio a questão de como o espólio deveria ser dividido. "Esquartejam-no!”... rugiu o Leão; e assim os outros esfolaram-no e cortaram-no em quatro partes. Então o Leão tomou posição diante da carcaça e pronunciou: -"O primeiro quarto é para mim, por minha capacidade como Rei das feras; o segundo quarto é meu como árbitro desta partilha; o outro pedaço caberá a mim pela minha participação na perseguição; e o último naco... bem, eu gostaria de saber qual de vocês ousará pôr a pata nela.".

"Humph, " murmurou a Raposa, caminhando para longe, com o rabo entre as pernas; mas falando em um resmungo baixinho: "Você pode compartilhar a grande labuta, mas você não compartilhará jamais o espólio".

Muito a refletir... Onde achar a solidariedade nesta fábula? Escreveremos ainda sobre o assunto.

3 comentários:

Michaela disse...

Oi pai!! Tá muito legal esse blog!!
Tô aqui na "lan house" e vim espiar como andam as tuas escrituras... muito massa!! Adorei as fábulas e adorei também as figuras que estão muito liiindas.... legal!
Gosto muito das fábulas do Esopo e dos contos de fadas, fábulas, lendas e mitos em geral. Acredito que eles, além de serem um retrato da cultura e convivência dos seres humanos nas várias épocas, também demonstram o funcionamento da psique profunda das pessoas. Ás vezes, podemos relacionar todos os personagens da história com aspectos, muitas vezes conflitantes, de um indivíduo...
Que tal?
É um saco não ter internet em casa! Mas vou desenvolver o tema e volto a contribuir.
Beijos e sucesso!

VADE MECUM disse...

Beijos Maninha! Gratos pelos elogios não merecidos. A obra é de Esopo, sou apenas um re-contador. Aguardo sempre teu parecer. Abração ao Gui...

MÔ disse...

Olá!!!
Salve Vade Mecum!!!

Pois agora dá para entender pq adotou-se chamar os Impostos de "Leão"...

E agora dá para entender melhor ainda o afamado jargão jurídico que aponta as famosas "Cláusulas Leoninas".

Até a antiga ciência do Direito bebe na fonte de Esopo...

Obrigada Vade Mecum...
Beijos a todos...